pes-marido-poderoso
17 jun 2020

Os pés dela roubaram a cena na nossa transa

“A história de hoje relata um encontro com um fetiche que ainda não tinha interagido: um marido apaixonado por pés!

Estava eu de boa em casa, quando de repente uma mensagem chegou no meu celular. Era um casal.

Iniciamos então, uma conversa e descobri que falava com o marido. Ele me dizia que estava muito a fim de ver sua esposa meter comigo como nos vídeos.  O marido percebendo meu interesse, começou a mandar fotos sensuais da mulher, uma loira linda, um corpo escultural. Como sou observador, percebi que nas fotos, sempre havia os pés da mulher, logo imaginei que o marido era gamado em pés. 

Topei então aquela aventura, pois sou um realizador de fantasias e marcamos num barzinho. No dia e na hora marcada, estava eu lá. Alguns minutos após, o casal chegou. Ela linda, cheirosa, vestida num vestido curtinho e colado, torneando seu belo corpo. Nos pés, uma sandália de tirinha de salto alto e as unhas vermelhas. Logo imaginei que aquilo fazia parte da fantasia.

Nos sentamos, pedimos uma bebida para quebrar o gelo e começamos a conversar. De repente ela me encarou com um olhar sedutor e começou a passar os pés na minha perna, cutucando o marido, para que ele visse. Aquilo já me excitou. Ficamos ali por mais algum tempo e decidimos ir para um motel. 

A diversão estava só começando

Ao chegarmos no motel, o marido sentou-se numa cadeira e disse a ela, você sabe o que fazer. Ela então veio em minha direção toda sedutora. Chegou perto e começou a me despir. Levou-me até perto da cadeira e me abraçou com uma das pernas, mostrando os pés para o marido que os acariciava, enquanto sentia nas mãos o tamanho da minha rola dura. Tirou as mãos do marido de seu pé e se ajoelhou na minha frente, caindo de boca no pau, mamava e saboreava.

Eu louco para sentir aquele corpo, a peguei pelo cabelo e fui levantando-a devagar. Não pensei duas vezes, puxei aquele vestido para cima, deixando-a só de sandália. Que corpo, era uma verdadeira cavala. Deitei-a na cama e fui explorar aquilo tudo. Que delícia! 

Enquanto ela estava deitada e eu chupando sua buceta saborosa, o marido se aproximou, tirou a sandália dos pés dela lentamente e começou a passar a língua por cima dele e beijar, coloca então os dedos do pé na boca e começa a chupar. Ela começou a gemer de um modo diferente, um tesão incontrolável. Meu pau começou a latejar de tesão vendo-a gemer daquele jeito. 

O marido então ordenou a ela que me tocasse com os pés, fiquei de pé na frente dela e ela colocou meu pau entre seus pés, me acariciando. Foi uma sensação ótima, pois não havia tido aquela experiência até então. Enquanto isso, o marido voltou a sentar se na cadeira, mas dessa vez nu. Via aquela cena e se tocava.

Tesão dos pés à cabeça

Coloquei aquela gostosa de quatro na cama, bem de frente como marido, pra ele ver eu penetrar bem gostoso na sua esposa. Comecei então a passar meu pau na buceta dela, que estava melada. Me preparei e fui colocando bem devagar, pra ela sentir cada centímetro invadir seu corpo. Ela gemendo de tesão, me pedia para socar com força. 

O marido então se levantou da cadeira e veio para perto de nós. Pegou novamente nos pés da esposa e os cariciava e beijava. Ela respondia com os gemidos de tesão. Meu tesão pela cumplicidade dos casais é fora de série. Resolvi então deitá-la no canto da cama, para meter com mais força. Pedi ao marido que abrisse as pernas dela para mim. Assim ele fez. Ficou de pé, pegou uma das pernas da esposa e colocou um de seus pés no peito dele, como se ela pisasse nele. Eu socava forte nela, que gemia e gritava, enquanto o marido segurava no pé dela e se punhetava.

A esposa de tanto tesão, dizia ao marido que ia gozar na minha rola, pois era muito gostosa. Eu também já estava a ponto de gozar, quando pensei rápido e pedi para que ela juntasse os pés para mim. Rapidamente ela juntou os pés, eu chamei o marido para ver e gozei gostoso naqueles pés. Então olhei para ele e disse, pode limpar tudinho. O marido, pegou os pés da esposa e lambeu toda minha porra. Os dois entraram em êxtase com aquela atitude.  

Nos recompusemos e fomos embora. Algumas horas depois o marido me mandou uma mensagem dizendo que aquela noite havia sido incrível para ele, pois eu havia sem querer realizado um dos seus maiores fetiches, o de limpar a porra de outro macho nos pés de sua esposa.”

Também é podólatra? Ama os pés das mulheres ou de homens? Conte sua história pra gente!

Quer conhecer casais e singles que curtem ménage e swing? Baixe o ysos!

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *