encontro de casais
29 jan 2020

Encontro de casais no interior de São Paulo

Num domingo a tarde, deitado, descansando, ele viu a notificação no celular: Terça tem encontro de casais!

Aquilo foi o suficiente pra lhe espantar o sono e acender um leve tesão. Então ele abre o app e começa a perguntar para seus contatos da cidade quem está sabendo do evento e quem estará nele.

Conversa vai, conversa vem, esbarra em singles e casais sabendo do evento e outros surpresos com o acontecimento na região. Em meio às confirmações de presença e algumas recusas, ele marca com 3 casais de se encontrarem no evento.

A princípio ele achou que não pudesse participar por se chamar Encontro de Casais, mas depois de conversar com pessoas do meio entendeu que a festa era aberta à singles interessantes também e que ali rolaria ménage e swing, o nome era apenas porque o público principal eram os casais.

Conversando com os casais ele tirou várias dúvidas de como essas festas rolavam e de como ele, single, deveria se portar para que nenhum casal se incomodasse com a sua presença e para ele não quebrar nenhuma regra sem saber.

Chegou o dia do Encontro de Casais!

Depois de um dia cheio de trabalho, o que ele mais queria era relaxar! Bate o ponto, despede-se dos companheiros de trabalho e parte pra casa.

Essa não era uma terça-feira qualquer… Saiu do escritório com um sorriso no rosto. Estava cansado, mas começando a ficar excitado… ele sabia que uma noite quente de farra o esperava.

Ao chegar em casa, estaciona, entra e já começa a ficar nu. Seu pau está duro como pedra. Quer dar uma aliviada ali mesmo pois o tesão está intenso, mas resolve guardar a energia para se divertir com os casais.

Liga o som, toma um banho e uma taça de vinho… coloca uma camisa bonita, uma calça confortável, mas um pouco justa, para marcar e fazer volume quando o pau subir de novo e chamar atenção de todos, passa seu melhor perfume, escova os dentes e sai.

Ele chega ao local do evento e faz o reconhecimento. A recepção do local é feita por um casal, que lhe apresenta todos os aposentos e lhe explica como a casa funciona.

Enquanto ele está no bar tomando mais uma taça de vinho e observando a movimentação, 2 dos 3 casais com quem ele conversou no app chegam juntos ao local.

Um grupo que se deu bem!

De longe ele lhes cumprimenta, acena com a cabeça e aguarda para ver se eles virão à sua direção. Um dos casais parece jé estar habituado ao local e à situação, o outro comporta-se de um jeito um pouco mais reservado.

Todos se aproximam, se cumprimentam e sentam-se juntos. Ele fica um pouco tímido com a naturalidade do casal mais experiente, mas aos poucos vai se soltando. A princípio os homens estão conversando entre eles enquanto as mulheres trocam impressões sobre a casa e as experiências que já tiveram.

Entre vinhos, cervejas e drinks, todos vão se animando… carícias começam, alguns beijos acontecem e um dos maridos se afasta um pouco dizendo que curte assistir sua companheira se divertir. Ele passa a ser o acompanhante dela e os dois casais passam a interagir entre si.

A coisa esquenta… esquenta… e eles decidem ir para o quarto.

Ele no fundo ainda está preocupado com a chegada do terceiro casal com quem tinha falado nesses dias… mas acreditava que àquela altura eles já não apareceriam. Antes de irem ao quarto ele pede licença aos casais, vai até o armário onde estão seus pertences e vê que há uma mensagem do casal cancelando devido à um imprevisto. Ele fica triste, mas respira aliviado que a sua atenção pode continuar com aqueles com quem já estava.

Ele responde a mensagem dizendo que podem marcar para outro dia e em outro lugar caso eles não se sintam à vontade ainda de conhecer um local que promove encontro de casais.

No quarto rolou de tudo

Eles estava, dispostos a viver as melhores experiências que aquela noite pudesse lhes dar. Escolheram um quarto sem porta, com mais de uma cama, com sofás e alguns puffs.

Eles sabiam que assim não estariam sozinhos. Os gemidos, os sons, a intensidade da animação chamaria atenção e atrairia para o quarto mais casais e outros singles para brincarem com eles. Ali estariam todos juntos e misturados. 

O marido voyeur logo sentou-se em um puff de frente para a maior cama.

Ele entendeu o recado. Pegou na mão da esposa e a segurou com a outra mão pela cintura e aproximou-se por trás dela beijando-lhe o pescoço. Ela sorriu enquanto a outra esposa lhe beijava ardentemente enquanto o marido ia se despindo e ajudando-a a se livrar das roupas.

Em pouco tempo os 4 estavam pelados enquanto o marido voyeur se masturbava assistindo tudo.

As duas esposas interagiam entre si enquanto ele sugava os seios de uma e o marido fazia sexo oral na outra. Depois cada uma delas chupou os dois e rindo ficaram ambas de 4 na cama chamando os 2 para se revezarem nelas.

Pra sempre na memória…

Ele nunca mais esqueceria aquela noite! A notificação do domingo havia mudado sua vida! Ele agora iria querer essa tipo de diversão continuamente. Ele estava delirando de tesão… anunciou que gozaria.

O marido pediu que ele jorrasse o gozo sobre os seios da esposa. Ele rapidamente retirou o pau de dentro, tirou a camisinha e se posicionou. Ela ela estava com os olhos brilhando, atentos! O marido gemia… parecia que a gozada seria nele!

Depois que ele gozou, caiu deitado exausto na cama. A outra esposa veio beijá-lo enquanto seu marido foi até a outra esposa, que estava toda lambuzada e lambeu o conteúdo despejado em seus seios. Fez uma cara de sacana, voltou-se para a mulher, que deixou o single deitado e beijou a boca do marido verozmente. O marido gozou. O marido no puff também.

Os 4 foram para a banheira, relaxaram por alguns minutos enquanto o marido do puff tomava banho na ducha. Quando ele saiu da ducha, todos conversaram um pouco mais sobre quando repetiriam a dose, se vestiram e foram pra pista de dança.

Ele estava satisfeito! E estava esperançoso de que outras noites como aquela seriam mais comuns em sua vida. Depois de alguns minutos na pista, despediu-se dos casais, prometeu voltar e foi embora…

Gostou de saber que no interior de São Paulo rolam várias festinhas e que você pode conhecer essas pessoas através do ysos? Baixe agora o app e comece a se divertir!

Quer indicar alguma festa ou tem dúvidas de como o ysos pode te ajudar a ficar por dentro das movimentações no mundo liberal? Escreva pra nós!

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *