Exibicionismo
23 mar 2020

Exibicionismo: como descobri que amo essa sensação!

Relato sobre exibicionismo que recebemos de um perfil do ysos. Ele está seguindo as recomendações da quarentena de ficar em casa e começou a pesquisar formas de lidar com o tesão que estava sentindo, teve uma experiência bacana e nos contou!

“Há alguns dias em casa, vocês devem imaginar como é que fica o tesão né?

Como não moro sozinho, acabo tendo um pouco de dificuldade para acessar conteúdos adultos, daí já viu, né?

Por isso tenho que aproveitar sempre que estou no quarto (que preciso trancar pro pessoal não vir atrapalhar minhas punhetas) ou depois que todo mundo foi dormir.

Gosto de ler contos, já tive encontros com casais, mas agora tô só na conversa com as minas e os casais, pois decidi esperar passar essa coisa toda pra poder transar seguro. Quando isso passar, aí eu vou cair no farra!

Pesquisando conteúdos, descobri sites em que as pessoas se exibem pela cam. Pessoas amadoras, não modelos que ganham dinheiro, sabe? Achei isso muito interessante!

Esses sites têm me ajudado muito. De madrugada comecei a assistir muitos, foram altas punhetas vendo aquelas delícias se mostrando e conversando comigo e com mais tanta gente!

Essa coisa toda começou a mexer com a minha cabeça. Achei que aquelas pessoas estavam se divertindo tanto, que fiquei curioso em como seria a sensação.

Então resolvi testar!

A primeira vez do exibicionismo

Tranquei o quarto, arrumei a cama, abaixei os porta-retratos, fechei a janela e liguei o ventilador.

Estava tremendo um pouco… com medo de não agradar, de não fazer certo e de me expor demais. Posicionei a câmera, acessei a conta que criei no Sexlog e fui até a Livecam.

Iniciei a transmissão e aos poucos foram entrando pessoas na sala.

Conforme o número de pessoas aumentava, eu ficava ao mesmo tempo animado e excitado. Já estava de pau duro já, mas ainda vestido. A ideia era fazer um striptease.

Liguei uma música beeeem baixinha e comecei a tirar a roupa. O pessoal começou a fazer pedidos e fui atendendo. Fiquei só de cueca, pegava no pau, mostrava um pouquinho dele, daí fiquei pelado.

Me pediram pra mostrar a bunda, para abrir, pra dar close no pau, fiz tudo! Meu pau tava babando já. Me pediram pra gozar, queria me exibir mais, mas como estava com receio de alguém em casa acordar, resolvi bater uma e gozar logo.

Feito! Peguei o papel higiênico ao lado do notebook e me limpei. Me despedi do pessoal e prometi voltar outro dia.

Agora eu me exibo todos os dias. cada dia em um site diferente, depois volto pros mesmos. Tô começando a ter uns fãs e isso é ótimo!”

Quer dicas de conteúdo para se divertir, passar o tempo e lidar com o tesão de um jeito saudável, sem paranóia e sem culpa? Siga-nos no Twitter e no Instagram para acompanhar nossas dicas!

Já usa o ysos e quer dicas de como se dar bem conversando com as pessoas para fazer um esquenta enquanto fica em casa em segurança?

Temos dicas ótimas pra te ajudar a diminuir os riscos de transmissão do covid-19 e se divertir. Entre em contato conosco! Nossos especialistas vão te ajudar com isso!

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *