sauna gay
4 jun 2019

Conto erótico: Na garagem da sauna gay

Sempre tive curiosidade sobre a tal da sauna gay.

Vi vídeos que divulgavam festas e a programação desses lugares, mas nem sonhava que havia uma dessas na minha cidade.

Até hoje havia ficado apenas nos apps. Usei ysos, Tinder, Happn, entre outros.

Ficou sempre na cabeça que um dia, em alguma viagem, visitaria uma delas.

Acontece que não precisei ir tão longe para conhecer uma.

Descobrindo a sauna gay

Em uma conversa no intervalo do café na empresa, um cara comentou que tinha ouvido falar que na cidade havia uma dessas.

Sem deixar muito aparente, prestei atenção aos detalhes que o mesmo havia dito que ouvira de um amigo.

Ele contou onde era localizado o estabelecimento e deu uma ideia do que imaginava que era a programação do local.

Entre piadas sem graça e sem respeito e comentários que instigavam a curiosidade de todos sobre o que rolava ali dentro, cada um terminou seu café e foi pra sua mesa.

Eu comecei a pensar quando teria a oportunidade de ir até lá e conferir de perto.

Primeiro pensei que poderia encontrar o cara que falou sobre o lugar, mas ele não parecia que já tinha frequentado.

Acreditei na sua surpresa ao falar do local e que a história era de um amigo e não dele.

Então me senti seguro para ir em sigilo à sauna.

Conhecendo a galera da sauna

Numa quarta-feira, no horário do almoço, passei em frente do local para saber se era discreto mesmo.

Não havia fachada com nome sugestivo nem nada do tipo, somente um banner com um nome e telefone de contato.

Mas mesmo assim escrevi para a pessoa perguntando qual a programação da casa.

Um senhor muito gentil me respondeu educadamente que naquele dia haveria open bar de Tequila.

Depois disso, me animei. A Tequila me ajudaria a me soltar. O open era à partir das 20h e a casa abria às 16h.

Então decidi ir às 19h30 para conhecer o ambiente e então aproveitar o open bar.

Me divertindo com os parças na sauna gay

Cheguei na porta, abri o ysos e vi que vários caras estavam bem próximos. A casa devia estar lotada!

Ao entrar, o cara que falou comigo no whatsapp do estabelecimento veio me receber.

Sendo assim, me senti mais seguro.

Por estar ocupado no bar, solicitou que um dos rapazes me mostrasse o local.

Andamos pelo estabelecimento e fui prestando atenção em tudo!

O local contava com bar, pista de dança, sala de massagem, sala de cinema, duchas, dark room, sauna e uma garagem.

Então notei que nesta garagem haviam mesas para as pessoas conversarem e interagirem.

Após andar por tudo, tirei a roupa, fiquei de toalha e me senti em casa!

Sentei na garagem bebendo e comecei a notar a movimentação.

Foi aí que apareceu na porta um rapaz muito bem apessoado, cor de amêndoa, nem gordo nem magro, com olhos negros, um belo sorriso e um topete.

Ele ficou me olhando. Eu fiquei envergonhado a princípio.

Então dei uns goles na minha Tequila. Quando vi, abri as pernas e meu pau apareceu, pois estava só de toalha.

Ele veio até mim, sorriu, ajoelhou-se e começou a me chupar. Uma delícia.

Eu estava delirando. Nunca tinha vivido algo parecido. Ele me beijou, se virou e sentou.

Ali mesmo, ao lado de todos, ele cavalgou em mim. Foi incrível. Gozei com a adrenalina de estar sendo observado.

Por causa disso, volto sempre na sauna e sempre tenho novidades que contarei aqui pra vocês.

————————-

Já viveu momentos picantes assim? Conte tudo pra nós! 😉

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *